Vamos inovar os métodos de ensino para despertar o interesse nos alunos

Professores novatos e os de longa estrada encontrarão preciosas dicas de ensino para melhorar a qualidade das aulas e a participação dos alunos, transformando-os em questionadores e formadores de opinião.

O objetivo é trocar experiências, conteúdos, críticas e sugestões, de modo que os profissionais de ensino fiquem por dentro de como se inicia uma aula incentivadora, sem dar espaço a métodos ultrapassados

"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você!" (Paulo Freire)

Como iniciar História no primeiro dia do ano letivo - 1ª Parte

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017


A dica serve para todos os níveis de profissional de ensino (básico, fundamental, médio e superior). 

Não existe fórmula mágica para fazer todos os estudantes brasileiros gostarem de História, apesar dessa disciplina ser de grande importância, pois, graças a ela, surgiram as demais atividades profissionais através de documentos, utensílios, obras literárias, pinturas e objetos artesanais. 

Se não fosse o ofício do historiador, não seria possível, por exemplo, a prática da engenharia na construção de habitações, veículos de transporte particular e público, invenções tecnológicas cada vez mais avançadas, até mesmo não teria havido a concretização do ingresso do homem à Lua. Antigos egípcios, antes de Cristo, utilizavam métodos muito simples para a medida de áreas de terreno com conhecimentos básicos de ponto, reta e plano na Geometria, elaboraram fórmulas matemáticas e, assim, temos posse hoje de várias equações na utilização em outras disciplinas - Física e Química.

A introdução motivacional é a ferramenta que pode resgatar a qualidade de ensino, não somente de História, assim como das demais disciplinas. Essa metodologia consiste na abordagem de questões motivacionais, na utilização de notícias de jornais e revistas que contêm assuntos ligados a conteúdos escolares, na apresentação de documentários através de recurso audiovisual e em experimentos práticos de laboratório.

A primeira parte da apresentação aborda perguntas do tipo "Por que estudar História?", Para que serve a História no meu dia a dia?", "Quais áreas de atuação profissional?" e "Por que ela faz parte do currículo escolar?".

As perguntas acima são exemplos de questões motivacionais para que o estudante tenha consciência de que não se aprende História à toa e que tudo tem a ver com nossa vida diária.

Assista, portanto, a primeira parte da apresentação:



0 comentários:

Postar um comentário

Para o espaço estar a todo vapor, vai depender da participação de cada professor, através de debates, para saber se o nosso trabalho está sendo de grande utilidade. Lembre-se, Mestre: O blog é seu também.

 
Espaço Docente Aprendiz | by TNB ©2010